Bok2 - entregando mais livros

Bok2 - entregando mais livros

ATUALIZE-SE

HomeAtualize-seUm bate-papo com Jessé Nascimento

Um bate-papo com Jessé Nascimento

28 MAI

 

Jessé Nascimento e seu mais recente livro!

 

O blog da BOK2 apresenta hoje uma entrevista com o autor Jessé Nascimento, que nasceu em São Paulo, é pastor, músico, coordenador do projeto Zamar em conjunto com a Ong Salum na comunidade do Sapé, na região oeste de São Paulo. É fundador da Escola Ekklesia que tem por objetivo ser uma escola de capacitação eclesiástica itinerante.

 

1 – Você está começando agora no mundo da escrita, de onde vem essa vontade, essa inspiração para escrever?

Jessé Nascimento: Bem, comecei na verdade como qualquer escritor,  desde a minha adolescência ( lembro que pra conquistar as garotas na época escrevia poesias para elas, dava certo!), aos poucos fui conhecendo obras como Os Lusíadas de Luís de Camões que muito me fascinou aos 14 anos, a vida de filósofos como Sócrates, Platão, Aristóteles, São Paulo apóstolo entre outros. Mas meu primeiro livro por nome “É Preciso Reconhecer” veio somente aos 27 anos de idade e publicado somente com os meus 30 anos, hoje tenho 32 anos.

 

2 – Quais as maiores dificuldades para um autor iniciante? A escrita ou a publicação?

Jessé Nascimento: Creio que a maior dificuldade seja a publicação em si e de uma maneira geral.

O autor iniciante  tem a vontade, muitas vezes o talento, mas não tem o conhecimento técnico editorial necessário para parametrizar sua obra como por exemplo, a revisão e diagramação de sua obra e é um serviço com um custo alto para o autor. Fora isso, a questão de encontrar uma gráfica ou editora que publique sua obra com qualidade, com preço acessível e por demanda geralmente desanime muito esse novo autor, que na verdade só quer,  a primeira vista que as pessoas leiam suas ideias!

 

3 – A escolha por ser um autor-independente é ousada, por vezes, desafiadora, por que escolher este caminho?

Jessé Nascimento: Depois de muito estudo de mercado e tentativas de encontrar uma editora que se interessasse pela publicação do meu primeiro livro tive o conhecimento das regras editoriais, (o que me fez ter uma nova visão do mercado). Por diversas vezes enviei meus escritos e obtive uma resposta automática padrão para todos, “ Não estamos admitindo novos escritores”. Mas, há uma motivação para isto, cada editora trabalha com um tipo específico de fonte, tamanho e diagramação (e isto é critério eliminatório) independente se sua obra é boa ou não, além disso, a editora irá avaliar se você é um escritor profissional (que produz conteúdo), para isso você deverá ter no mínimo 7 obras escritas, (isso não sei se funciona para todas, mas depois de consultar muitos autores em fóruns também cheguei a esse denominador que na verdade faz sentido), pois o mercado editorial é voltado para os autores profissionais (com algumas exceções).

 

4 – Você desenvolve um trabalho muito próximo da sua comunidade, você pode nos falar mais dele, qual o projeto, desafios, etc ?

Jessé Nascimento: Sim, sou o segundo secretário da Ong Salum – Juntos Somos Mais. Com sua base de missões urbanas localizada na Rua Lucas Padilla, 17 – Jd. Ester, na Zona Oeste da capital de São

Paulo. Trabalhamos na questão do desenvolvimento social e para tanto acreditamos que o maior investimento para que isto aconteça de maneira efetiva seja através da cultura e educação. Desenvolvemos diversas oficinas durante a semana como aulas de musicalização, oficina de acolhimento onde as crianças tem a oportunidade de falar sobre seus problemas e dificuldade e recebem  direcionamento para as dificuldade diárias em uma comunidade periférica, aulas de violão, oficina de Jiu-jitsu e Xadrez mostra muito que também é usada nas escolas como reforço escolar. Creio que o nosso maior desafio seja manter essas oficinas, pois apesar de estarmos legalizados e organizados precisamos de mantenedores e apoiadores para este projeto até que todas as certidões estejam liberadas e possamos acessar os recursos municipais, estaduais ou federais. Em todas as oficinas são servidos lanches e/ou refeições e estão sendo atendidas semanalmente cerca de 75 crianças e adolescentes da região.

 

5 – Como foi a emoção de ter em mãos seus primeiros livros?

Jessé Nascimento: Sem palavras! É a concretização de um sonho. Pra mim especialmente, meus primeiros livros foram confeccionados por mim mesmo, artesanalmente com muito esforço (e até algumas gotas de sangue durante a filetagem manual). Quando recebi meu primeiro exemplar com qualidade editorial, foi um novo patamar e um novo gás, porque agora eu tenho condições de disputar pelo menos as pequenas prateleiras com os demais autores, graças a uma impressão de alta qualidade.

 

6 – E agora, quais os próximos passos? Existem novos livros em andamento?

Jessé Nascimento: Sim. Sou autor dos livros “É preciso reconhecer, somos um”  (passando por reformulações), “Diálogos de intimidade”  e atualmente estão em fase final de produção e diagramação os livros “Graça” e “Construindo pontes sob abismos”,  com previsão de lançamento para este ano ainda. Mas hoje em dia, para desenvolver um projeto desses, a gente precisa de muito apoio, por isso lancei também uma campanha no Catarse e espero que as pessoas ajudem este sonho tornar-se realidade.

 


COMPARTILHE

SEU LIVRO NOS MAIORES E-COMMERCES DO BRASIL

Na BOK2, você imprimirá seus arquivos sob demanda, sem contratos e sem burocracia. Tudo de forma otimizada, simples e fácil. Disponibilize infinitos títulos sem investimento inicial e lucre em cada venda. Seus livros estarão disponíveis nos maiores e-commerces do país. Faça um orçamento!

CLIQUE AQUI PARA COMEÇAR A VENDER

Como podemos ajudá-lo?